Ministério da Cultura e Caixa Seguradora apresentam:

01/02/2018 18:20:43

Eu Faço Cultura atende 187 produtores em todo Brasil

“Graças ao Eu Faço Cultura conseguimos manter a casa com mais de 95% de lotação em todos os dias”, relata produtor de musical.

Um dos principais objetivos do programa Eu Faço Cultura é permitir o acesso democrático à cultura e, ao mesmo tempo, apoiar o pequeno e médio produtor garantindo a venda de ingressos e outros produtos.No ciclo atual do programa, por exemplo, 187 produtores culturais foram contemplados em todo o Brasil. “Graças ao Eu Faço Cultura conseguimos manter a casa com mais de 95% de lotação em todos os dias. Foi uma parceria muito importante para nós”, diz Sandro Rabello, produtor do musical Deixa Clarear, sobre Clara Nunes. 

Valdir Archanjo, produtor da peça Angel, acredita que “compartilhar nosso espetáculo com essa iniciativa extremamente relevante, seja no teatro, na dança, na literatura ou na música, é uma enorme satisfação. Esse projeto é hoje o melhor programa de fomentação das artes. Desejo que tenha vida longa, e possa ainda levar milhares de pessoas ao teatro. A experiência de troca entre o público que vai aos espetáculos através da plataforma e os atores é enriquecedora. É muito importante que tenha continuidade, para que possamos, cada vez mais, formar plateias”.

“Se existe uma iniciativa que consegue traduzir os objetivos de uma lei de incentivo à Cultura, essa iniciativa é a plataforma Eu Faço Cultura – avalia Ana Carina Melo dos Santos, da produtora Companhia do Gesto, em cartaz com a peça A Cozinheira, o Bebê e a Dona do Restaurante - foi uma excelente experiência. Grupos e ONGs organizadas compareceram ao teatro dando vida à plateia, enriquecendo nossa experiência de troca com o público. A plataforma cumpre um importante papel duplo: ao mesmo tempo que possibilita o acesso à cultura como um direito universal, a um público que de outra forma não teria condições de ir ao teatro, e também reconhece a arte como ofício, que depende do público presente e da bilheteria para remunerar os vários profissionais envolvidos: artistas, técnicos, contrarregras, produtores, fornecedores diversos - desde alimentação  e transporte de cenário, até os equipamentos locados necessários para que  espetáculo aconteça”. 


Trabalhando...