Ministério da Cultura e Caixa Seguradora apresentam:

10/05/2018 14:27:06

Mês da conscientização do autismo foi de muita cultura e diversão.

Entre destaques tivemos, sessões de cinema, espetáculos teatrais e show adaptados para crianças autistas.

A programação especial para crianças dentro do espectro do autismo e suas famílias foi um sucesso. Durante abril, considerado o “mês azul”, mais de 3 mil ingressos de sessões adaptadas de cinema e teatro e 200 livros foram distribuídos. A ação alcançou 16 cidades de oito estados diferentes.

“Descobrimos que muitas crianças autistas nunca tinham ido ao cinema. Isso ocorre tanto pela dificuldade de aceitação da sociedade como também por conta da falta de condições financeiras enfrentadas por essas famílias. Esta é uma realidade que o Eu Faço Cultura tenta mudar, proporcionando sessões inclusivas com ingressos gratuitos para as famílias”, comenta Moacir Carneiro, diretor de Cultura da Fenae.

Desde novembro de 2017 o programa oferece sessões de cinema adaptadas, e a ideia é manter nos próximos meses a oferta de produtos especiais. O programa também lançou o videocase Criança não tem roteiro, que mostra como foram essas sessões de cinema, muitas vezes, a primeira oportunidade desse público dentro de uma sala de exibição.

Ao todo foram 15 sessões de cinema, dois espetáculos teatrais, um show especial – todos adaptados para o público autista – e a possibilidade de resgatar o livro A escova de dentes azul.

Trabalhando...