Ministério do Turismo e Caixa Seguradora apresentam:

A- A+
04/08/2021 16:51:57

Você sabia que o cinema brasileiro tem um dia só dele?

Conheça a história, veja curiosidades e entenda os desafios que envolvem a data e os filmes nacionais.

Não é exagero dizer que o cinema ajuda a espalhar a cultura de um povo por um país e pelo mundo.

Por essa e por outras razoes, é natural que o cinema brasileiro tenha um dia só dele: o 19 de junho. Criticados e premiados, nossos filmes são amostras importantes de nossas pujanças e fraquezas; dores e conquistas. 

Outro fato é que o brasileiro vê pouco filme feito por brasileiro. Um levantamento da Agência Nacional do Cinema (Ancine) mostra que o número de filmes nacionais subiu de 79, em 2008, para 185, em 2018. Só que o público se manteve estável nesse período. Além disso, arrecadação de filmes brasileiros é apenas 7,5% do faturamento estrangeiro.

O ano de 2020 foi de gravações paradas no mundo todo. Mais uma consequência da pandemia de Covid-19. Os cinemas foram obrigados a fechar as portas temporariamente ou definitivamente. Em contrapartida, as plataformas de streaming cresceram como nunca.

E pode vir daí um fôlego novo ao cinema brasileiro. Um projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional obriga as plataformas de streaming a investir 10% de seu faturamento em conteúdo nacional. Quem sabe, né?

Ah, a data. O dia do cinema brasileiro é comemorado em 19 de junho, porque foi nesse dia, no ano de 1898, que o ítalo-brasileiro Afonso Segreto teria registrado as primeiras imagens em movimento no Brasil. A bordo de um navio, Segreto gravou imagens de sua chegada à Baía da Guanabara, no Rio de Janeiro. 

Trabalhando...